quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Tamanho 42 não é gorda - Meg Cabot

ISBN: 13: 9788501075338
Autor (a): Meg Cabot
Tradução: Ana Ban
Número de páginas: 411
Ano:
2006
Editora:Record
Pontuação: ♥ ♥

Sinopse Skoob: Heather Wells está no fundo do poço: perdeu seu namorado, nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, ganhou peso e só entra em roupas tamanho 42, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com suas economias - e seu agente! Mas, aos poucos, as coisas parecem que vão se ajustar. Ela consegue um novo emprego como inspetora em uma faculdade de Nova York e está feliz com seu novo manequim. Mesmo sem o glamour e glória dos dias de ídolo teen, tudo parece ter melhorado. Ou será que ela está enganada?
De uma hora para outra, uma estudante morre misteriosamente no poço do elevador do campus. Os policiais e a diretoria estão prontos para declarar a morte como acidente, mas Heather conhece os adolescentes, e meninas não brincam com elevadores. Ainda que ninguém esteja muito interessado em ouvir suas suposições - mesmo depois que outras estudantes aparecem mortas de maneiras igualmente corriqueiras e sutilmente sinistras -, Heather decide entrar numa enlouquecida caçada para descobrir a verdade.

À primeira vista, a vida de detetive pode parecer uma irresistível aventura, com altas doses de adrenalina, mas a realidade é potencialmente perigosa. Alguns riscos podem ser fatais e nada é capaz de irritar mais um assassino do que uma ex-estrela pop corpulenta enfiando o nariz onde não é chamada...

Meus pareceres: "Tamanho 42 não é gorda" (originalmente "Size 12 Is Not Fat') é o primeiro livro da Coleção "The Heather Wells Mistery" por Meg Cabot.

1. Tamanho 42 Não é Gorda
2. Tamanho 44 Também Não é Gorda
3. Tamanho Não Importa
4. Tamanho 42 e Pronta para Arrasar
5. A noiva é tamanho 42

Apesar de gostar do estilo da autora bem como desse tipo de livro (investigação, suspense, mistério), o "Tamanho 42 não é gorda" infelizmente não entrou para a lista de livros desejados e que merecem ser lidos mais uma vez. Quem sabe em inglês, na sua versão original, seja melhor (mas como não leio nadica em inglês, já era a confirmação dessa teoria!)... 

O suspense da história só começa de fato depois de umas vinte páginas lidas. A prática de ficar repetindo durante TODO o livro que o lugar onde ela trabalha não é um alojamento, fez com que eu perdesse a paciência algumas vezes e desse uma pausa na leitura. Chegou um ponto em que eu já sabia que ela diria isso e só dava uma olhada no que tinha pulado para conferir se por acaso a piadinha sem graça não teria mudado...

O mistério das garotas que começam a morrer "do nada" e o romance platônico que a personagem tem seria de fato interessante se o livro fosse um pouco mais rápido. Sério, poderia MESMO ter reduzido o livro à metade do que ele é... tem muita enrolação para pouca história

Uma das provas de que realmente não gostei do liro (e que foi um pouco difícil terminar de lê-lo) é a quantidade de post-it: 4. Sério, já teve livros com uma parte de páginas desse que teve MUITO mais post-it...

"Ela se dedica incansavelmente às compras , da mesma maneira que um corredor olímpico se dedica ao treinamento." 
p.25

"Em aproximadamente cinco segundos, o sujeito tinha encontrado tantos buracos na minha teoria que ela estava parecendo um pedação de queijo suíço". 
p.105

"Caramba, se eu continuar assim, quando estiver com 30 anos vou parecer uma uva-passa". 
p.251

"Ele fica mais do que um pouco sexy com ele. O que acontece com homens quando vestem smoking?"
p.264

O ponto positivo do livro é que não tem erros linguisticamente falando; a capa é linda (e enganosa), diagramação é legal e as aberturas dos "capítulos" com uma música da personagem principal enfeitaram bem o livro - já que não colabora em nadica para a história ;) Mas isso são méritos da Editora Galera - Record, que em geral, sempre acerta nesse quesito!

Em resumo, não gostei do livro. Sem falar que fiquei bem decepcionada com o título da versão em Português, que nada mais é do que uma frase de toda a história... parece um título que uma criança daria a sua "redação de férias" rsrs

ok, mas li diversas resenhas falando bem do livro e do restante da série (essa que logicamente não lerei!) e que vocês deveriam conferir antes de mergulhar de cabeça nesse meu parecer.

Recanto da Chefa (resenha dos outros livros da série também)
Interrupted Dreamer (resenha e registros de frases e fotográficos lindos!)
Blog Serendipity (melhores fotos e resenha completinha!)

E vocês, têm costume de ler os livros da Meg Cabot? Já leram algum dessa série?

Boas leituras, um abraço e até a próxima parada!
Ana Laura 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente aqui!

author
Ana Laura Queiroz
Formada em Letras Português/Espanhol. Autora, professora e blogueira. Lê e escreve por paixão e por profissão. Para solicitar a prudução de um artigo, entre em contato.